quarta-feira, 1 de julho de 2015

Viajar com bebês e crianças

viajar com criança


Super mãe de primeira viagem viajando (na maionese) fazendo postagem de dicas sobre como viajar com bebês e crianças (não necessariamente juntos e também não nessa mesma ordem) kkkkkkkk .. (foto acima reprodução)


Esse fim de semana viajamos para Avaré - SP. Ficamos no hotel que eu SUPER INDICO chamado AcquaVille Hotel  na beira da represa. Com piscina, restaurante e um play para as crianças.


(null)


(Represa de Avaré - foto minha)


Olha meninas, passei poucas e boas com o Lucas, que resolveu manifestar uma virose exatamente quando chegamos em Avaré.


Vou contar o "causo" e colocar ao final algumas dicas do meu humilde aprendizado.


(null)


(quarto do hotel: foto e bebe lindo meu kkk)


** Chegamos na sexta feira a tarde. O Lucas vomitou muito no carro. Depois de limpar a "lambança" ele começou com uma diarreia líquida absurda. No sábado de manhã ele vomitou mais eee mais diarreia. Meu marido estava participando de uma competição de Crossfit com o pessoal da academia, ou seja, eu estava sozinha, em uma cidade do interior e com meu bebe passando muito mal.


Liguei na recepção do hotel e pedi ajuda, expliquei a situação e eles pesquisaram hospital do convênio (que claro, não acharam, pra que ter convênio bom se você viaja pra onde ele não atende) e me indicaram o Pronto socorro publico do centro da cidade (me deram até nome do médico para solicitar o atendimento).


Quando saí com o Lucas do quarto, passei na recepção para pegar o endereço do hospital e eles já haviam desenhado no mapa como eu chegaria! Olha, muito atenciosos. Eu voltarei para esse hotel pela equipe que (sem exceção) foram todos ótimos e dispostos a ajudar.


Lá fomos nós para o hospital. Hospital simples (como todo PS, precisa de melhorias) mas com um médico muito bom e com umas enfermeiras fofas e atenciosas. Claro que meu bebe teve que tomar soro, e as enfermeiras não ficaram "cutucando" a veia, foi de primeira, chato isso, mas o meu bebê não sofreu, reclamou muito, claro né gente!


Voltamos pro hotel quase 14h. Mortos de fome. Pedi a comida no quarto e umas batatas cozidas para o Lucas comer. E ele comeu e dormiu, tadinho, cansado e acabado. E eu fui o que? Dormir? Claro que nunca! Já aceitei minha condição zumbi... Bom, fui lavar roupa. Na pia do banheiro. A lavanderia do hotel só voltaria a funcionar na segunda feira (no dia que voltaríamos pra SP). Fui lavar um monte de roupa vomitada e melada de coco =(  triste triste. kkk que mãe nunca????


Enfim, o resto do nosso fim de semana foi administrando o que o Lucas conseguia comer, com hidratação e trocas excessivas de fraldas. Nos momentos em que o bebe estava bem eu o levava no play ou na beira da represa, sempre fora do horário de sol forte, não queria que ele desidratasse mais.


Deu pra brincar um pouquinho. Mas é muito conturbado passar por isso fora de casa, dos seus acessos à saúde habituais e sozinha.


Sim, fiquei exausta, mas muito mais preocupada, isso sim.**


(detalhe: quando chegamos em SP adivinha quem ficou dodói? papai e mamãe .. claro kkk)


******************


O que eu levei na viagem e me senti mestre da economia:


* Aquecedor de mamadeira portátil para viagem: eu não comprei. Até fui em busca do dito cujo, mas vi uma quantidade enorme de mães vendendo os seus usados. E pensei .. lá vou eu gastar com essas coisas que nunca mais vou usar .. e improvisei. Meu marido tem uma cafeteira da Nespresso. Sim, foi mais cara que um aquecedor de mamadeira, mas nós já tínhamos, então foi super útil. Essa cafeteira você coloca os ingredientes e ela mistura e aquece. Eu colocava só a água, assim não tive aquele transtorno de ficar lavando. (e olha que lavei muita coisa viu). Sei que naquelas lojas "Multicoisas" tem alguns acessórios nesse estilo (não na mesma qualidade) mas que talvez substitua o aquecedor de mamadeiras.


(null)


(cafeteira da nespresso - foto minha)


* Banheira ou piscina inflável para banho: A melhor maneira de dar banho no bebê quando estiver fora de casa, essas "piscininhas" custam cerca de R$ 20,00 .. eu paguei R$ 15,00 em uma lojinha de bairro .. fica bem compacta e quase não ocupa espaço.


PISCINA INFLAVEL


(foto: reprodução)


Agora, seguem mais algumas dicas para viajar com criança / bebe.


Dica nº 01 - Consulte o atendimento de saúde do local para onde você vai viajar.


Dica nº 02 - Separe e leve TODOS os documentos do seu filho (cartão do Sus, cartão do convênio, Rg, CPF, certidão de nascimento, carteirinha da biblioteca, da escola de futebol, sei lá, leva tudo!)


Dica nº 03 - Leve um detergente ou sabão líquido que você possa dar uma "acertada" em alguma roupinha do bebê.


Dica nº 04 - Leve fraldas / roupas extras.


Dica nº 05 - Leve roupas de frio e de calor.


Dica nº 06 - Siga o ritmo do bebê. Se ele dormir e você estiver a fim, durma também. Passeios com bebê pequeno geralmente não são super agitados não. Até conheço várias guerreiras que viajam, fazem e acontecem com os babys no sling. Eu não sou dessas. Quero meu bebê confortável e nanando gostoso. Assim ele fica bem humorado e consigo me divertir mais com ele.


Dica nº 07 - Leve os remédios de costume receitados pela pediatra. No meu caso, luftal, nenê dente, alivium, dramim b6, etc.


Dica nº 08 - Leve papas ou coisinhas de comer. No desespero ou impossibilidade, dê o industrializado mesmo. Eu não gosto, mas se não tem "Tu" vai "Tu mesmo".


Dica nº 09 -Tenha paciência. O Lucas foi super bem, mesmo com essa virose horrível! Mas tem criança que não se dá bem com mudança de rotina, tente agradá-lo eeee tenha paciência.


Dica nº 10 - Leve objetos que o bebe esteja acostumado. Levei o carrinho (ele já está com 11kg, não aguento no braço) e alguns brinquedos que ele mais gosta.


 

(null)

(Lucas passeando um pouquinho, observando a represa)



É isso meninas, não tenho muita experiencia mas o que tenho compartilho. Quem já passou perrengue me conta que quero me prevenir para as próximas hahaha.



 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário