segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Iphone 6 não conecta no WiFi .. o que não te contaram



O que foi? Seu Iphone não funciona mais o Bluetooth, não conecta mais Wifi e quando conecta não sustenta por muito tempo. Se abrir o Instagram então, esquece!

Vamos para a história. Tenho Iphone desde 2010 (quer dizer, tinha).

Tive um Iphone 04 que deu problema no botão, como todo iphone né? Convenhamos .. 

Fiz aquela troca com eles em 2014, paguei cerca de R$ 500,00 e peguei um mesmo modelo, fiquei com esse "novo" mais um ano.

Em 2015 começou a pipocar. Então meu marido comprou um 6s pra ele e me passou o 6 dele, que já veio com (adivinhem) um botão quebrado!

Bom, em agosto de 2016, eu sofri um acidente de carro, quando meu carro voltou o celular não conectava corretamente o Bluetooth. Achei que fosse por conta do acidente e relevei. Mas logo depois descobri que o celular do meu marido, o Iphone 6s funcionava perfeitamente na conectividade com o carro.

E de lá pra cá, só foi piorando.

Primeiro ele falhava o 3G ou 4G .. eu Redefinia rede em ajustes e ele funcionava.

Depois começou a fazer isso para o Wifi.

Pesquisei em vários grupos na internet e sugeriram mudar sei lá o que do roteador, e mais mil e uma alternativas.

Mas a verdade dói e tem que ser dita!

Seu Iphone que não conecta com o Wifi está com um problema na antena que é vinculada a placa lógica e não tem como consertar isso!

Eu liguei na apple, e o atendente bem treinado tentou falar do roteador, fez teste remoto e disse que não identificou problema nenhum. Imagina, só imagina eu falando pra ele que iria trocar de carro pq o Bluetooth não funcionava e tinha esquecido como eles são maravilhosos! Depois de mais algumas grosserias e falar pro atendente a quantidade de reclamações que tinha na pagina da apple sobre isso e que ele estava ciente eu solicitei que falasse a verdade.

Aí ele falou, que quando é um problema de transmissão de dados é dado como perda do aparelho!

Dica, eles não falam isso no telefone, mas se vc levar seu aparelho fora da garantia em uma autorizada e pedir a troca, eles te farão uma troca como fiz com o Iphone 04, com o preço menor que o da loja e sem os acessórios, só o aparelho mesmo.

A troca do Iphone 6 ficaria em R$ 1499,99. 

Mas é claro que o casal esperto trocou uma tela trincada e um botão com defeito em um lugar suspeito e a apple não autorizou a troca.

Comprei um Sansung J7. Não faço mais parte do mundo colorido apple místico de ser. 

Enfim, aprendam com o erro alheio. Troque peças apenas em autorizadas indicadas por telefone, fica registrado, se der algum problema, foram eles que indicaram.

A verdade dói amigos, mas tive que contar.

Boa sorte pra vcs e morram de inveja do meu J7 com 64 de capacidade interna mais um cartão de memoria de 256 .. Isso a apple não faz por vc.













quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Citadinanza - a Saga de nossa Cidadania Italiana

**** Atenção, essa postagem está em construção. Vou deixar publicada pois há links úteis para quem está em fase de pesquisa de documentos .. Agradeço a compreensão e qualquer dúvida entre em contato ****



Sempre tive vontade de saber da origem de nossa família.

Sei que somos de origem italiana, mas até começar essa busca pela cidadania eu realmente não sabia de onde nós viemos.

Nossa avó querida, Regina, contava muito das fazendas, das festas e falava um pouco de italiano.

Não, ela não era italiana, na verdade ela era neta de italianos, logo eles são meus trisavós.

Como quando tivemos a oportunidade e conhecimento para saber que poderíamos ter a cidadania italiana nossa avó já havia falecido, então fui perguntando aos demais membros da família. E eles também pouco sabiam...

Vi em vários grupos no facebook esse mesmo problema... Famílias de meu coração, conversem mais, que feio hein? kkkk

Mas uma questão sobre todo esse "segredo" sobre a Itália me foi revelado pelo meu pai.

Toquem os violinos!

Quando perguntei pra ele porque eles não sabiam de nada ele me disse assim: "uma vez perguntei e me disseram que queriam esquecer, não queriam lembrar de nada que passaram lá, que foi muito difícil. Por isso nunca falavam."

Lembrando que, o maior fluxo de italianos para o Brasil foi entre 1880 e 1910. A maioria deles era de origem rural, simples. A Itália passava por uma grande crise em empregos, gerada pela industrialização do país. E acompanhando a necessidade de mão de obra, o Brasil estava no pós abolição da escravatura, portanto precisava dessa mão de obra. Para os italianos, aqui era sinal de esperança e renovação.

Voltando, cheguei ao ponto de perguntar a alguns outros parentes do interior que simplesmente falaram que isso era besteira, que não nos adiantava de nada saber disso e que não tinham nada de documento nenhum.

Falaram isso para a escorpiana errada. Nunca desafie uma escorpiana.

Ao contrario do que haviam me explicado, comecei as pesquisas aqui pelo Brasil.

Solicitei segunda via da certidão de nascimento da minha avó e lá haviam nomes.

Sempre que você solicitar uma certidão, solicite em inteiro teor. Assim você tem informações mais completas.

E assim, uma certidão foi levando a outra e um nome foi levando a outro, até que cheguei em um dos nossos antenatos: Pietro Samogin.

E nessas pesquisas acabei por descobrir que os 04 trisavós por parte de minha avó são italianos! O meu bisavô por parte de avô é português e... (vou deixar esse parênteses grifado pois esse post será editado várias e várias vezes kkk)

Vou colocar aqui pra vcs além da minha árvore, quem sabe não ajudo algum primo perdido, os sites de pesquisa que utilizei.

Boa caçada amigos.


*********************************************************************************

Família Samogin
Origem: Preganziol, Treviso, Veneto, Itália
Chegaram ao Brasil em 07/02/1889 com o vapor Bourgogne no porto de Santos com destino para Santa Barbara.
Livro 18, Página 124, Família 01465
Marco Samogin, 42 anos - chefe
Catterina Rizzato, 35 anos - esposa
Filhos que vieram no navio:
Paolo, 12 anos
Modesto, 10 anos
Maria, 08 anos
Umberto, 06 anos
Giusepe, 03 anos
Pietro, 01 ano

Marco Samogin + Catterina Rizzato - Italianos

Filho Italiano:
Pietro Samogin (21/03/1887 - 16/01/1977)

Casou com Regina Nerva Italiana (15/05/1891 - 20/06/1956) .. vide Familia Nerva

Filha Brasileira:
Maria Samogin (

Casou com Izario Rizzo Brasileiro .. vide Familia Rizzo

Filha Brasileira, minha avó Regina Rizzo (

Casou com Osvaldo Rodrigues Brasileiro (  .. vide Familia Rodrigues e Familia Scarranari



O primeiro documento que encontrei foi esse cartão de imigração. que gentilmente alguém anexou ao Family search.



Pedro Samogin na verdade era Pietro Giovanni Samogin, de Preganziol, Treviso, Italia. 
Em uma certidão havia escrito que ele era de Brengansiole. E pra descobrir que esse nome escrito erroneamente por alguém na época de sua chegada era Preganziol? kkk Sou muito mística, tenho ajuda dos astros, enfim!

No Family Search não encontrei o batismo do Pietro Samogin, mas encontrei do irmão dele, o Giuseppe. Então, passei um email para a comune de Preganziol e eles encontraram o registro =)

Encontrei todos os documentos da linha Samogin, seria uma ação por via materna judicial, feita por um advogado na Itália. Abaixo vou colocar a minha árvore e a filha de Pietro, Maria, nasceu antes de 1948, perdendo assim o direito de transmissão de cidadania. Esse tipo de processo é simples e rápido, cerca de dois anos e tem que ser feito por advogados na Itália. Mas o que eu não contava é que uma advogada negaria assistência, ela disse que nosso processo seria rejeitado, pois tínhamos linha de transmissão paterna, ou seja, processo administrativo que deve ser feito diretamente nas comunes ou nos consulados... pois bem...


Familia Nerva:

xx

Sites para ajudar na pesquisa de parentes italianos:


O Family search é ótimo, mas é muito cansativo. E como todos podem mexer então as vezes algo é alterado errado. Nos dois primeiros você consegue ver algumas coisas que estão no Family Search, mas meus parentes (pq tinha que ser os meus né Batman) não aparecem nos dois primeiros, mas no Family Search sim.

Esse é o link com a lista das Comunes de Treviso. Conheci muita gente buscando em Treviso, então talvez ajude alguém.


outros Links:

Link da Lista di Leva das comunes de Salerno:
http://www.archiviodistatosalerno.beniculturali.it/index.php?it/256/ricerca-nelle-liste-di-leva


Lista de combatentes de guerra, com informações e causas de morte:
http://www.cadutigrandeguerra.it/CercaNome.aspx

Algumas orientações em Italiano e links úteis:
http://italygen.com/main.html

Mapas e endereços das Paróquias:
http://www.parrocchiemap.it/parrocchiemap/index_pm.jsp
http://www.parrocchie.it/qlist_home.php?cercointabella=parrocchie&id=
http://banchedati.chiesacattolica.it/chiesa_cattolica_italiana/regioni__diocesi_e_parrocchie/00007907_Diocesi_e_Parrocchie.html
http://www.thecatholicdirectory.com/directory.cfm
http://www.siticattolici.it/Parrocchie/
http://www.parrocchie.viainternet.org/#

Localizador de sobrenomes italianos:
http://www.cognomix.it/mappe-dei-cognomi-italiani

Arquivos de estado:
http://www.archivi-sias.it/consulta_inventari.asp?OnLine=0

Arquivo do estado de Venezia:
http://www.archiviodistatovenezia.it/leva/search.php?SR=1

Arquivo do estado de Cremona
http://www.archiviodistatocremona.beniculturali.it/archivio_digitale/cerca_pdf

Arquivos de Verona
https://archivio.comune.verona.it/nqcontent.cfm?a_id=14214

Leva de Verona - de 1835 a 1906
http://archivio.comune.verona.it/nqcontent.cfm?a_id=53231

Lista di Leva de Vicenza
http://www.arsas.org/

Lista di Leva Trento
http://www.archiviodistatotrento.beniculturali.it/index.php?it/222/ruoli-matricolari-1867-1908

Muitos arquivos de Veneto
http://www.venarbol.net/it/liens/recherches-en-italie/venetie

Site geral com alguns itens de pesquisas de antepassados italianos
https://www.antenati-italiani.org/

Em ordem alfabética - Parocchia de S. Croce em Lapio
http://www.ibisweb.it/arsas/demo/communes/p708/p708menu.htm

Cadastro histórico de Padova e Rovigo
http://archiviodistato.provincia.padova.it/conferma.php?i=989&c=1cda0235e7267b7c1ff1e476473e

Lista de Comunes de Veneto
https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_communes_of_Veneto








quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Quarto de menino - Lucas 04 anos

E então o bebe virou menino...

E como eu fiz com o quartinho dele?

Bom, mudei a decoração de uma maneira simples e economica:


Eu tenho usado muito mais o instagram do que o blog, por questão de praticidade, mas o blog é bem mais organizado né gente!

Essa comoda é a mesma de quando ele nasceu. Comprei os móveis de bebe brancos. Já com essa intenção. Comprei contact colorido e o maridão colocou =)

A cortina é do tema vingadores, o tema que ele gosta. Comprei na Ricardo Eletro, é da marca Lepper.

O Lucas teve um berço que virou minicama e eu vendi e comprei uma bicama com baú maravilhosa pq é super prática pra quem mora em apto.

Nesse vídeo (bem amador por sinal kkk) mostro um pouquinho da cama e do quarto, mas estava com a decoração antiga, dá pra ver a comoda branca.

 

Para guardar os brinquedos uso essa estante organizadora de brinquedos:


Mostrei nesse meu video simples tambem:




Espero que gostem =)



Neve com Crianças - Bariloche



Nem falo da alegria que esse menino sentiu quando viu a neve! Um príncipe! Mas também? O amor da mãe e do pai por Bariloche não está escrito!
Isso aí meninas. Meu marido e eu já fomos 04 vezes pra Bariloche. Somos amantes do local, da cultura, dos restaurantes e principalmente da neve.
Essa foi a primeira vez que meu bebê Lucas de 02 anos e 06 meses e minha afilhada de 01 anos e 06 meses viram a neve. E vou falar… Eles gostaram e nós também!
Vou contar tudo o que levamos, os cuidados, lista de remédios para viajar com criança, sobre a asma do meu Lucas, tipo de roupa, onde comprar, apartamento para alugar em Bariloche (primeira vez que não ficamos em hotel e foi uma excelente escolha), segurança do local para alugar, localização, enfim .. a postagem é longa e específica para quem vai viajar para neve com criança. Vai demorar para ser concluída, afinal é muito assunto pra pouco tempo e a neve já acabou mesmo kkkkkkkk
Sobre Bariloche, vou dar dicas da cidade que já nos é mais do que conhecida.

VIAJAR PARA NEVE COM CRIANÇA

  • Preparação de malas (fraldas / produtos / tranqueiras)



(total foram 03 malas, 01 carrinho de bebe, 02 mochilas)
Olha, haja mala grande! Eu levei a quantidade exata de roupa pro Lucas, foi tipo um milagre, no último dia que faltou uma camiseta, mas reciclei e deu certo kkkk.
Eu comecei a preparação mental de malas e roupas com muita antecedência. Separei um caderninho e fui anotando o que iria levar, o que faltava comprar, etc. Dica para viajar com criança: seja organizada.
Lucas na época da viagem ainda usava fralda. Turma da Mônica tamanho XXG. Eu sempre tenho dificuldade em encontrar no mercado esse tamanho de fralda, então eu decidi levar daqui. Levei 65 fraldas (fiz a conta de quantas fraldas ele gasta por dia vezes a quantidade de dias e acrescentei 10 unidades para eventuais emergências kkk).
Minha amiga levou para a minha afilhada apenas as que iria utilizar em uns dois dias e depois comprou no Carrefour de lá. Ela usa M.
Eu fiz duas malas, uma com roupas de neve pra mim e pro bebe e outra de roupas normais também pra mim e pro bebe, claro que saí em desvantagem kkk e meu repertório foi limitado.
Com relação à quantidade de roupas avalie como é o seu filho, o meu suja tudo, deu na conta, e não voltou nada limpo, então isso vai de criança para criança. Por exemplo, em um dia normal ele usa duas cuecas vezes tantos dias .. e acrescenta mais umas 03 pra dar sobra kkk.
Levei o leite dele também. É ninho em pó, mas não quis arriscar. Também fiz mais ou menos a quantidade de mamadeiras por dia vezes a quantidade de pó pra cada mamadeira pra saber quantas latas levar, levamos duas e voltou com metade de uma. Ele se alimentou bem lá, graças a Deus.
Shampoo, condicionador, etc, eu sempre (em qualquer viagem) levo naqueles mini frascos que compramos em perfumarias. Pra facilitar e economizar espaço. Tipo esse abaixo (imagem google).



Para não levar tanta coisa, para o Lucas levei apenas 01 frasco com o shampoo da Jhonson “Da cabeça aos pés”.
Levei também o “nana” rs, a cobertinha dele, criança em viagem precisa de algo dela, pra se sentir bem, foi um apego com esse nana que só vendo.
Brinquedos: não levei nada gigante, levei algumas letras (está nessa fase) de plastico, um pandeiro mas o que salvou mesmo foi o Tablet.
Baixei aplicativos do Patati e Patata / Canções do Zoo / e foi sucesso. Levei ele carregado com vários vídeos do Mickey e do Pokoyo.
Levei saquinhos de fruta, sabe? Aqueles transparentes que vc compra no R$ 1,99? Pois é, eu levei vários para separar roupa suja ou para jogar fora fralda suja pq se não já viu né? O apartamento ficaria bemmm cheiroso sqn kkkk.
Essa proteção ao redor da mala (plástico verde limão) é fundamental! Eles garantem que ninguém mexe na mala (só quem já teve mala aberta sabe o ódio que é, já passamos por isso e esse dinheiro eu gasto sem chorar, eu embalo a mala mesmo). A empresa te dá um seguro contra furto ou extravio. Esse serviço é fornecido nos aeroportos.
Desde que começamos a viajar com o Lucas eu sempre li sobre o Aquecedor de mamadeira portátil para viagem: eu não comprei. Até fui em busca do dito cujo uma vez, mas vi uma quantidade enorme de mães vendendo os seus usados. E pensei .. lá vou eu gastar com essas coisas que nunca mais vou usar .. e improvisei. Meu marido tem uma cafeteira da Nespresso. Sim, foi mais cara que um aquecedor de mamadeira, mas nós já tínhamos, então foi super útil. Essa cafeteira você coloca os ingredientes e ela mistura e aquece. Eu colocava só a água, assim não tive aquele transtorno de ficar lavando. Sei que naquelas lojas “Multicoisas” tem alguns acessórios nesse estilo (não na mesma qualidade) mas que talvez substitua o aquecedor de mamadeiras.
Nós o levamos nessa viagem, mas não usamos, usamos o microondas. Ficamos com medo do microondas não funcionar, pelo menos teríamos esse (que é bivolt – tudo na argentina é 220 viu) e asseguraríamos a mamadeira das crianças.
Minha comadre levou feijão em caixinha para as crianças e biscoite de polvilho. Ela foi ninja, não sei como conseguiu que não estourasse.
Dito isso (introdução longa mas necessária kk) .. segue um resumo básico, uma lista de roupas e acessórios para levar na mala.
*** Produtos de higiene: sabonete / shampoo / condicionador / hidratante / protetor solar (na neve é importante) / escova e pasta de dente / escova de cabelo
*** Fraldas
*** Pomada e lenço umedecido
*** Roupas para ficar em casa
*** Roupas para neve
*** Pijama
*** Cuecas, calcinhas, soutiens, meias
*** Leite, petiscos das crianças
*** Sapatos / chinelos
*** Aquecedor de mamadeira (no nosso caso, mas para alguns não é necessário)
*** Produtos de primeiros socorros: bandaid, antiséptico, pomadas de alergia
*** Remédios
*** Toucas e luvas
*** Cobertor do bebe
*** Calçados (neve e normal)
  • Remédios para viajar com criança / Seguro Viagem:
Esse assunto é sempre polêmico! O ideal é que vc vá na pediatra do seu filho e peça as indicações. Cada criança é de um jeito, por exemplo, Lucas pode tomar dramim, mas meu sobrinho Arthur não, entendem? Cuidado para não medicarem sem conhecimento e o pior, longe dos hospitais que conhece.
Sempre leve remédios para:
*** Febre (Alívium, Tylenol, Novalgina)
*** Vômito (Dramim, Vonau)
*** Antibiótico (esse peça para a pediatra, vc precisará de receita para comprar)
*** Remédios de tratamento (no caso do Lucas, as bombinhas para asma)
*** Alergia (antialérgico indicado pela pediatra)
*** Tosse (seca e com catarro)
*** Dor de Garganta (também pergunte para a pediatra)
Para nós, adultos levei, meu anticoncepcional, remédio de alergia, um antibiótico, remédio de dor de cabeça e dor de garganta.
Para qualquer viagem, sempre consulte quais hospitais estão perto de você, para quais você vai em uma emergência. Louca? Não, prevenida, só Deus sabe o que passei em Avaré. 
Faça um seguro viagem. Leia tudo o que precisar e certifique-se de que estará segura. Por exemplo, alguns seguros NÃO cobrem esportes radicais. Se você ou seu marido forem esquiar então precisam de um que cubra esse tipo de acidente, entendem?
Desde o evento de Avaré, eu troquei de convenio, e esse novo meu e do bebe (o do meu marido é outro) tem cobertura internacional, mas não para esportes radicais, mas esse ano eu não queria esquiar, já estava muito tensa com o bebe kkk. Então fizemos um separado, apenas para o meu marido.
  • Carrinho de bebe: Levar ou não levar?
A Dúvida sobre o carrinho é clara! Para muitas mães o carrinho é bem inútil já que dá pra levar criança no colo ou ela se adapta a horários e acompanha bem os pais. Vou falar da minha realidade ok?
Lucas pesa 17 kg. Não se adapta bem a mudança de horário. Hora do cochilo existe e pronto. Sem o carrinho eu ficaria acabada carregando ele de um canto pro outro, visto que ainda não aguenta longas caminhadas por ser pequeno.
Foi bem utilizado nosso carrinho, em diversas noites ele dormiu no restaurante e o acomodamos no carrinho. Em outro dia fomos passear na Mitre (rua principal) e ele ficou super confortável e aquecido no carrinho.
A decisão é de cada mãe. Veja qual a realidade do seu filho. Por exemplo, tenho uma amiga que tem gêmeos de 02 anos. Aqui no Brasil eles não sentam nem com reza no carrinho! Esquece! Portanto ela nem leva em viagens. Eles aguentam bem o ritmo e caminham bastante. Um peso duplo desnecessário.
O modelo de carrinho do Lucas e da Isa é o Chicco Lite Way – fechamento guarda chuva. O mais prático.



Você não precisa despachar como mala. Eles te dão uma etiqueta e você só entrega o carrinho na hora de embarcar. Não tivemos problema.
A decisão é particular =)
  • Avião / Escalas
Para Bariloche raramente vc vai achar voo direto. Geralmente tem 01 escala em Buenos Aires com troca de avião. E é o que sempre fazemos! Pesquise muito para não correr o risco de fazer escalas com muita espera ente um voo e outr ou escalas muito apertadas com risco de perder o voo.
Esse ano fomos com a Latam .. e tivemos o maravilhoso acesso à sala vip! Somente algumas categorias de voos nos permitem essa ligeira vantagem kkk.



Tivemos um problema com a Latam .. eles mudaram sem prévio aviso os nossos voos e assentos. Meu marido e compadres foram pra Guarulhos, direto na Latam pra tentar resolver o problema.
Resultado, meu marido e eu fomos separados. Eu e o bebe na frente e ele em outra poltrona bem mais afastado. Arrebentei eles nas redes sociais. Na volta, também começaram com a palhaçada. E fomos re alocados para um voo da Qatar! E meus padrões mudaram a partir daí.
É maravilhoso! São super atenciosos e gentis. Fora que é MUITO mais confortável.
  • Hospedagem em Bariloche
Nós ficamos nesse apto :  https://www.airbnb.es/rooms/240858 
Chama Kumelka e as fotos são iguais as do anuncio. Vale a pena para família grande. Nesse ano de 2016 que fomos, ficou mais em conta do que o Villa Sofia que já ficamos 02 vezes.







Perdoem a falta de fotos, kkk, coloquei o que consegui, realmente viajar com criança é muita correria! E alguns detalhes passam desapercebidos.
Esse apartamento é bem equipado, tem fogão, cafeteira, acessórios de cozinha, microondas, etc. Dois banheiros. Dois quartos em baixo com cozinha e em cima um sofá da hora kk dois pufs que usamos para fazer a cama das crianças e uma cama de casal. Acredito que acomode 08 pessoas.
Como vcs podem ver não é seguro para crianças, então essa escada era monitorada 25h por dia kkkk.
Dica de ouro: Levem meia antiderrapante para as crianças .. o piso de madeira deles é um sabão puro!

  • Mercados e Farmácias em Bariloche

Lá em Bariloche é bem tranquilo encontrar supermercados, padarias, lojinhas que vendem de tudo. Até as empanadas. Vc entra em uma lojinha “Milka” compra um chocolate, água, revistas e empanadas rsrsrs. Muito prático!
Tem uma rede de supermercado grande que chama Todo – http://www.stodo.com.ar/
Tem tudo o que você precisa. Lá também tem Carrefour. Eu não cheguei a ir no Carrefour, mas os maridos foram e trouxeram tudo de primeira.
Compramos macarrão, arroz, requeijão, carne, torradas, bolachas, pão, enfim, o que precisávamos para janta das crianças e para nosso café da manhã e jantar em alguns momentos.
Minha amiga levou feijão da Camil em caixinha. Foi uma ótima escolha, as crianças adoraram. Ela comprou aqui no Brasil mesmo.
A janta das crianças é muito cedo. O Lucas (por causa da creche) faz o jantar as 17h30. A Isa tbm. Então geralmente dávamos a janta deles e saíamos pra jantar rsrsrs.
Ah, no mercado o lenço umedecido estava mais barato do que nas farmácias rsrsrs.
As farmácias que nós entramos tinha de tudo. Parecia mais perfumaria do que farmácia, mas acostume-se: Lá não tem preço em nada, então vc tem que perguntar toda hora quanto custa.
Isso me irrita. Nos outros anos sempre valeu a pena comprar make e perfume lá, mas esse ano de 2016 estava mais caro do que no Brasil!!!!!


O passeio de sempre =) apenas amo. Acho o Cerro Catedral o melhor deles para passear e esquiar também. Só posso falar como iniciante quase tosca, não, quase não, absolutamente muito tosca em cima de um esqui kkkk
Bom, mas o assunto é “Viajar para neve com crianças”.
Dos cerros que nós visitamos, lá é onde tem melhor estrutura.
A base do Cerro Catedral é praticamente uma cidade kk
Possui lojas, restaurantes diversos, lojas para aluguel de roupa e equipamento. É enorme! Possui um shopping que foi onde nos instalamos com as crianças em um dos dias que não conseguimos subir pois o teleférico com cabine fechada (AMANCAY) não estava funcionando. Só estava funcionando os teleféricos abertos (de cadeirinha) e como nunca subimos nesse, ficamos com medo de não ter um local / restaurante para nos apoiarmos com os bebes.
O teleférico AMANCAY é com cabine fechada e vc consegue subir com o carrinho, nós não levamos o carrinho para o Cerro Catedral mas vimos váaaariaaasssssss mães com carrinho de bebe na neve. Sem problema nenhum!
Na base do Cerro, onde possui as lojas, teve uma hora que o Lucas quis dormir e, sem o carrinho, eu juntei algumas cadeiras na Rapanui (http://chocolatesrapanui.com.ar/) .. enrolei ele na coberta e por lá ficamos comendo um foundue de frutas com chocolate kkk



(ficou meio desconfortável .. maaaasss .. kkk)
A Isa dormiu no colo. Ainda é pequenina…

  • Cerro Otto / Teleférico / Cafeteria Giratória / Sky Bunda
Link do teleférico pra vcs: http://www.telefericobariloche.com.ar/



O Cerro Otto é lindo! Possui uma cafeteria no alto, giratória, então enquanto você come, aprecia a vista em uma volta 360º.
Confesso que, para os mais sensíveis, dá um pouco de tontura, então se vc é desses, leva um dramim kkkkk
Você sobe de teleférico e lá na cafeteria possui algumas atividades, como por exemplo o ski bunda.
Eu não tenho como passar valores. Nós fomos, comemos no restaurante e logo já descemos.
Peçam o Goulash ! Amo!


  • Piedras Blancas / Sky Bunda
Link de Piedras Blancas: http://www.piedrasblancasbariloche.com/



Famoso no inverno pelo ski bunda. Possui tirolesa e pista de ski iniciante. Lá vc compra na bilheteria só a subida e descida (01 vez) ou vc compra o passe para o ski bunda – já vem com aluguel do coisinho de plástico que você senta para escorregar.
Antes não era obrigatório capacete, mas agora é. Lá você pode alugar também.
Prepare-se: lá em cima o frio é monstro! Sério! Como nós já conhecíamos, eu agasalhei o lucas duas vezes mais do que no cerro catedral. Foi na medida.
Lá em cima tem boneco de neve, iglu, cachorro fofo pra tirar foto, mas tudo comprado, você não pode chegar lá e tirar com o celular. Afinal, esse é o negócio deles ne?



A Parte de restaurante lá é muito ruim. Tem uma lanchonete embaixo e só. Tem lojinha pra comprar as fotos. E o banheiro… só por Deus! As vezes que fomos não tinha água quente e nem procurei um espaço pra trocar as crianças. Banheiro gelado até pra gente imagina pra eles!
  • Restaurantes em Bariloche
Aconselho na época em que forem viajar, pesquisar no Trip Advisor  https://www.tripadvisor.com.br algumas indicações.
Nós amávamos o “El Boliche de Alberto” (massas e carnes) mas dessa vez achamos ele caro e não tão bom. El Boliche de Alberto: http://www.elbolichedealberto.com/
O Familia Weiss é na beira do lago. Lindo. Já tivemos situações com pratos frios e entregues cada um em um momento. Então um começa e o outro já terminou. Gostosa a comida, mas poderiam melhorar. Não achei o site deles, então aqui está no o link para o tripadvisor https://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g312848-d1102308-Reviews-Familia_Weiss_Restaurant-San_Carlos_de_Bariloche_Province_of_Rio_Negro_Patagonia.html
Na rua Mitre, a principal, tem o La Marmite. Gostoso. Encontramos cabelo na comida uma vez, um temperinho a mais não é? rsrs Link das avaliações do TripAdvisor https://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g312848-d1235132-Reviews-Restaurant_La_Marmite-San_Carlos_de_Bariloche_Province_of_Rio_Negro_Patagonia.html
Esse ano, por indicação de pessoas no TripAdvisor, fomos no Alto e Fuego. MARAVILHOSO. Preço justo, pequeno, excelente atendimento. E o doce??? O que é aquele doce no pote???? Amamos! Link: https://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g312848-d3382861-Reviews-Alto_el_Fuego-San_Carlos_de_Bariloche_Province_of_Rio_Negro_Patagonia.html

  • Chocolates em Bariloche
Esses são os três mais famosos em Bariloche. Mas tem outras lojinhas menores tão dignas quanto. Nós gostamos mais da Rapanui e da Mamuska. A Del Turista parece água, tem pra todo lado! Mas eu não gosto da cara, nem do estilo, gosto é ok .. nada excepcional.
  • Roupas para Crianças na Neve:

Agora a conversa é séria! Já presenciei criança lá em Bariloche com pé molhado por causa de uma bota ruim. Na boa, não é hora de economizar. Compre produtos de qualidade. Mesmo que seja de segunda mão (algumas peças do Lucas são usadas) .. comprei luvas, bota e macacão para neve no site do www.enjoei.com.br e no site www.ficoupequeno.com .. mas certifique-se que são boas. Vou colocar algumas fotos de roupas com o link da Decatlhon (http://www.decathlon.com.br/), que é onde compramos a maioria dos ítens …
Ah, as camadas de proteção para neve são iguais para adultos e crianças.
São 03 camadas de roupas para a neve:
01º ) Warm –  isolamento térmico
02º ) Aquecimento
03º ) Impermeabilidade
Para neve vc vai precisar de:
  • Meia térmica / grossa – nós não achamos a meia térmica de criança, então comprei meias grossas, colocava no lucas igual faço comigo, uma meia normal de algodão e uma de plush por cima. Essa de plush vc encontra também em locais mais simples. Eu achei várias no Chinês lá de Jandira, mas sei que no WalMart tem. Vejam essa meia calça de plush azul, por R$ 12,00 .. baratex. Para a neve eu usava só a meia desse tecido e não a meia calça. Coloquei essa foto de exemplo. Encontrei no Chines em Jandira uma meia calça forrada. Calça segunda pele – parece uma legging forradinha. Essa da foto comprei no Chines por R$ 10,00 .. sim, dez conto! Na Decathlon tem nesse link: http://www.decathlon.com.br/trilha-trekking/roupas-infantis/segunda-pele-camada-1/calca-super-warm-infantil?skuId=957671  Vejam:




  • Luva (para o bebe coloquei uma de algodão e uma impermeável específica para neve, para os adultos só a impermeável dá)


(essa comprei no site da enjoei. Columbia é uma marca específica para neve, é cara, mas como comprei usada então paguei o equivalente do link abaixo de fleece da Decathlon, pesquisem, por isso falei para serem organizadas. Assim vc consegue realizar boas compras)
Link de luva de fleece (que não é impermeável) da Decathlon – http://www.decathlon.com.br/ski-snowboard/acessorios-infantis/luvas-fleece-trilha-baby?skuId=373503
Na decatlhlon eu não achei luva pequena impermeável, por isso comprei na internet. O Macacão também é da Columbia.
  • Touca (usei a de algodão mesmo e usei por cima a da jaqueta que é impermeável) – comprei no Chines kkk mas na Decathlon tem um monte =)
  • Óculos escuro – compre originais para seu filho também, se vc gasta com vc então gaste com ele. Os óculos do Lucas são da Carters (eu considero uma marca boa) e ele é super adaptado a eles. Já pensando na viagem, nós o incentivamos a sempre que sair colocar o óculos escuro, então ele ficou lá todo chique e fofo ^^ Na Decathlon possui aqueles óculos largos, compramos um pro bebe mas ele não se adaptou!

  • Plush ou Fleece .. hoje em dia chama fleece mas eu chamo de plush (calça e blusa). Nem sei se é a mesma coisa kkk ..  Esse comprei vários no Recanto do Bebê em Jandira, pq o Lucas usa para ir pra escolinha em dias de frio também, e custava R$ 22,00 o conjuntoooooo. Na decathlon esse fleece é barato. Pagamos R$ 25,00 na blusa, na época. Acabei comprando vários, pq com disse, ele usa muito rsrsrs



(esse é do Recanto do Bebe em Jandira, comprei a coleção completa pro Lucas e pra Isa kkkkk)

(Plushs de alguma loja que fui qdo estava pesquisando preços, acho que é da tip top)

  • Calça e Jaqueta IMPERMEÁVEL específica para neve! Ou macacão de neve!


Esse é o macacão do lucas que usamos para a neve. Comprei ele junto com a Luva. É da marca Columbia. Impermeável. O tamanho ficou certinho (com a Gloria de Deus amém) kkkk
Na Decathlon nós compramos só a calça. Não tinha macacão para o tamanho do Lucas. Por isso fui para a internet =)
Vou falar pra vcs. Macacão é melhor do que calça e jaqueta separada. A criança fica com mais liberdade e sem risco de entrar neve na barriga ou nas fraldas hahaha. Mas não é tão fácil de achar com um preço accessível .. pelo menos não foi pra idade do Lucas (2a6m na época da viagem). Pra Isa (1a6m) tinham mais opções na internet, mas na decathlon nada, nem calça e nem jaqueta pra ela.



Esse é um dos modelitos da princesa. Reparem como é acolchoado e impermeável. Também foi comprado na enjoei.
Jaqueta de neve. Na Decathlon tem =) a madrinha do Lucas deu pra ele uma jaqueta dupla face, que foi a que ele usou na neve. Pra sair comprei duas. Uma na enjoei super forte, a moça que me vendeu comprou em portugal. E outra comprei na C&A acreditam? Do homem aranha, super fofa e quentinha. Nenhuma dessas duas era impermeável, então só usamos pra sair a noite.
Esse casaco do link a seguir, nós compramos para sair, ele não é impermeável, mas é muitoooo quente e resistente: http://www.decathlon.com.br/esporte-aquaticos/roupas-de-barco/jaquetas-infantis/casaco-polar-crianca-reverse?skuId=1704711



Nessa foto estava enorme, mas na viagem já estava mais certinho. Essa é a do homem aranha que comprei na C&A. Quente mas não é impermeável. Apenas para sair ok?
  • Capacete para o caso de atividades “radicais”
Fundamental o uso de equipamentos de proteção! Para esquiar não é obrigatório, mas para o ski bunda é obrigatório. Meu marido tem um que comprou na decatlhon e o Lucas estava com uma touca grossa, então não precisamos comprar pra ele .. como só ele brincou na area infantil de ski bunda, então foi bem utilizado.


  • Bota de neve:
Isso me deu trabalho pra achar! Como já comentei em algum canto aí em cima kkk Quando fui grávida pra Bariloche não fiz nada radical, então por alguns momentos fiquei sozinha perambulando de loja em loja, de chocolateria em chocolateria kkk
Eu vi um casal em um desses momentos com um bebe de uns dois anos com os dedinhos super gelados! O pézinho dele já estava de outra cor! Isso é absurdamente perigoso!!!! Leiam mais no google e repito: NÃO ECONOMIZEM NA SEGURANÇA DE SEUS FILHOS!
Bom, na Decathlon eu não achei pro Lucas. Deduzi que ele era grande pra ser nenem e pequeno pra ser menino kkk tipo música da Sandy!
Achei na internet. No enjoei.
A primeira bota que comprei foi junto com a jaqueta de passear que a moça comprou em portugal.. Mas a pessoa que vos fala não soube entender numeração de sapato europeu com tabela brasileira. Resultado. Ficou GIGANTE! Olhem a foto:




Ela é ótima, super quente, revestida com pelos!!! Se o Lucas tivesse conseguido andar com ela eu teria usado essa mesmo nele. Mas reparem como o cano é alto! Ficou batendo no joelho dele hahahahaha
Enfim .. vai usar no proximo ano se Deus quiser!
Então em minhas buscas voltei a estaca zero! Bóra pro enjoei...
Achei essa da Columbia:




O cano é mais curto. Confesso que fiquei morrendo de medo de na época não servir. Mas deu. Ficou no tálo. Para o próximo ano vou vender ou passar pra isa se estiver servindo! Crianças crescem rápido demais e também vamos ver se conseguiremos viajar novamente. (Ajuda nóiz economia lazarenta!)
Vamos para as dicas: veja se a bota possui essa borrachona embaixo, se ela é impermeável e se veda bem. Repare que as duas botas possuem fecho de elástico. Não pode entrar neve. Algumas pessoas (como eu, meu marido, comadre e compadre kk) usam a timberland whaterproof .. mas eu não achei para as crianças, achei muita timberland falsificada, portanto, cuidado. E confesso que pros bebes essas botas que mostrei são melhores, vedam melhor.
Mas nem tudo na Decathlon são flores kkk esse link a seguir é de uma bota muito gelada. Eles vendem com as indicações de ser warm, mas foi exatamente com essa que vi um bebe com os pézinhos congelados. Eu não indico. http://www.decathlon.com.br/trilha-trekking/roupas-infantis/botas-calcados-e-sandalias/bota-arpenaz-50-warm-infantil?skuId=1405603
  • Roupas para Adulto na Neve
Sem muita enrolação. Siga o mesmo princípio das explicações para crianças. Eu gosto da Decatlhon pela qualidade e preço justo.
Você pode alugar também. Na Mitre possui diversas lojas que alugam por pacotes (03 dias, 05 dias, etc). Se você não quer comprar, alugue =)
  • Decatlhon / Enjoei / Ficou Pequeno
Falei muito desses três sites e vou explicar um pouquinho pra vocês.
A Decatlhon é a maior loja de artigos de esportes do país, tem absolutamente de tudo e com um preço justo -> http://www.decathlon.com.br/
Enjoei é uma loja de repasse, tipo mercado livre, mas específico. Você encontra tudo quanto é bugiganga lá -> https://www.enjoei.com.br/
Ficou Pequeno é o mercado livre das mães! Você vê mães e pais com lojinhas particulares vendendo o que seus filhos perderam -> http://www.ficoupequeno.com/

*********************
Finalizando sem churumelas…
Mamães e papais, viajar com criança dá trabalho, seja pra neve ou praia você terá que ter cuidados e vestimentas adequadas.
Se você se organizar, não vai faltar nada e a viagem será uma delícia.
Boa viagem =)